Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Uber permitirá que usuários peçam carros por ligação - Web Rádio MaxLine


No comando: BALADA MAX

Das 00:00 às 07:00

No comando: MADRUGADA NA MAX

Das 00:00 às 07:00

No comando: DJ NAN

Das 07:00 às 23:59

No comando: MAX HITS

Das 12:00 às 14:00

Uber permitirá que usuários peçam carros por ligação

Kris Gaiato via nexperts

 

A Uber está testando uma nova maneira de chamar carros. Além da opção de pedir uma corrida pelo app, os usuários também vão poder utilizar ligações telefônicas. Por enquanto o serviço só está disponível no Arizona, estado norte-americano, através do código de discagem 1-833-USE-UBER.

Apesar de lembrar o método tradicional utilizado por serviços de táxis e parecer um tanto quanto antiquado para a companhia, a opção é voltada para as pessoas mais velhas que preferem ter contato pessoal ao invés de chamar um carro pelo app.

Durante a ligação, um atendente irá recolher seus dados e informações sobre a corrida, te informar um preço estimado e solicitar um carro para você. O objetivo dessa alternativa, segundo a startup, é tornar o atendimento mais acessível.

Além disso, é possível escolher entre o UberX; Black; Comfort; Black SUV; Uber Assist, para pessoas que precisam de assistência, como idosos; e o UberAccess que conta com veículos adaptados para cadeirantes.

(Fonte: Veja Abril/Reprodução)

 

Não é necessário, dessa forma, ter um smartphone para chamar um Uber: basta um celular simples que faça ligações e receba mensagens. Após a ligação, o atendente enviará um SMS com dados sobre o motorista e, no final da corrida, um recibo com o valor pago.

No Arizona, se o usuário ainda não estiver cadastrado no app, o atendente irá solicitar informações básicas como nome, código de área e opções de pagamento. Vale dizer que o serviço pode ser útil, inclusive, para as pessoas que estão acostumadas a utilizarem o app — por exemplo, quando todo o pacote de internet for utilizado.

A companhia não está cobrando nenhuma taxa adicional pelo serviço, mas o usuário terá que arcar com os gastos de ligações e mensagens. Atualmente, o serviço está disponível somente no Arizona, mas ele deve ser ampliado para outros locais nos próximos meses.

Deixe seu comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE